Colheita da azeitona 2015



Este ano para nossa grande alegria, voltamos a ter azeitonas!! Equipados de rede, paus, canas de bambú e criança, lá começamos a colheita.





A nossa colheita é uma espécie de aventura para chamar-lhe algum nome simpático. Uma grande quantidade de oliveiras estão em sítios absolutamente impossíveis onde, para recolher as azeitonas, temos de arriscar a nossa integridade física.





Mas o que são as pequenas dificuldades comparadas com a satisfação de ver os baldes cheios?




 E todo o processo transformado quase em ritual, o programar a viagem ao moinho, desfrutar do caminho por uma estrada com pouco movimento, passando por aldeias e terriolas que parecem paradas no tempo, tudo feito no meio de uma paisagem que tranquiliza e me arranca sempre um sorriso. E toda a viagem com a Serra de Montejunto como guia.





E por tudo isto e porque é fruto do nosso esforço, o azeite que trazemos sempre nos parece o melhor do mundo. E com uma excitação quase infantil, voltamos para casa, pusemos azeite num prato e molhamos pão. Como vêm ser felizes não custa tanto!





Cosecha de aceituna 2015

Este año para nuestra felicidad, hemos vuelto a tener aceitunas!! Equipados de red, palos, cañas de bambú y criatura, empezamos la cosecha.

Nuestra cosecha es una especie de aventura para llamarle algún nombre simpático. Una gran cantidad de olivos están en sitios imposibles donde, para recoger las aceitunas, tenemos que arriesgar nuestra integridad física.

Pero que son las pequeñas dificultades comparadas con la satisfacción de ver los cubos llenos?

Y todo el proceso transformado casi en un ritual, programar el viaje al molino, disfrutar del camino por una carretera con pocos coches, pasando por pueblos y pueblecitos que parecen parados en el tiempo, todo en medio de un paisaje que tranquiliza y me arranca una sonrisa. Y todo el viaje con la Sierra de Montejunto como guía.

Y por todo esto y porque es fruto de nuestro esfuerzo, el aceite que traemos siempre nos parece el mejor del mundo. Y con una excitación casi infantil, volvimos a casa, pusimos aceite en un plato y mojamos pan. Al final no esta tan difícil ser feliz!

3 comentários:

  1. Ai custa custa, eheh. Chega a uma certa altura, uma pessoa já deita azeitonas pelos olhos. Mas claro, isto sou eu a ver o lado negro da questão, porque concordo com cada uma das tuas palavras. Vale muito bem a pena o esforço, sem dúvida, até porque o resultado é maravilhoso e saboroso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que é a colheita mais dificil, a vindima até é agradável, as nozes vao-se recolhendo mas a azeitona é mais aborrecida e depois tem de se fazer num prazo porque a azeitona nao pode esperar muitos dias. Mas como dizes, depois somos recompensados!!

      Eliminar