Conservando, que o inverno é longo • Conservando que el invierno es largo

Aqui em casa, na brincadeira dizemos que por onde vivemos quem não tem uma estufa e um Mercedes (também vale que seja velho), não é ninguém. Nós não temos um Mercedes nem uma estufa e portanto todo o excedente que temos tem de ser conservado de modo a poder usufruir desses produtos quando não seja época.


Aquí en casa, en broma decimos que por donde vivimos quien no tiene un invernadero y un Mercedes (también cuentan los viejos), no es nadie. Nosotros no tenemos un Mercedes ni tampoco un invernadero así que todos los excedentes que tenemos tienen de ser conservados de manera a poder disfrutar de esos productos cuando no sea época.




Tivemos bastante feijão verde e todo o que não consumíamos pusemos no congelador. Primeiro escaldei-os em água quente, depois coloquei-os dentro de saquinhos de 300 gr e por fim ao congelador. De momento temos mais feijão verde a crescer portanto espero em breve poder voltar a ter nova colheita.


Tuvimos bastante judía verde y toda la que no consumíamos la pusimos en el congelador. Primero puse las judías en agua hirviendo, luego las puse dentro de bolsitas de 300 g y por fin al congelador. De momento tenemos más judía verde creciendo así que espero poder en breve volver a cosechar.




De tomate também não nos podemos queixar. Em dois ou três plantas entrou-lhes uma doença mas o resto está em plena produção. Há quem congele os tomates diretamente. Eu pessoalmente não gosto da textura que têm quando se descongela portanto preferi pô-lo em frascos fechados com vácuo. Para quem tenha tomates e queira conservá-los assim, é muito fácil: escaldam-se para poder tirar a pele. Depois trituram-se num robot de cozinha, põem-se dentro dos frascos previamente esterilizados, tampam-se e levam-se a ferver cerca de 20 minutos de modo a fazer o vácuo.




De tomate tampoco nos podemos quejar. En dos o tres plantas les entró una enfermedad pero el resto está en plena producción. Hay quien los congele directamente. A mi personalmente no me gusta la textura que tienen cuando se descongela así que preferí ponerlos en tarros cerrados al vacio. Para quien tenga tomates y quiera conservarlos así, es muy fácil: se escaldan para poder quitar la piel. Después se trituran en un robot de cocina, se ponen dentro de los tarros previamente esterilizados, se tapan y se hierven cerca de 20 minutos para que se haga el vacio.

1 comentário: