Receita de “Favas à catalã” transformadas em “Favas à Portuguesa” • Receta de “Habas a la Catalana” transformada em “Habas a la Portuguesa”

Esta é a história de como transformamos a famosa receita catalã de “Habas a la Catalana” numas favas luso-catalãs por falta dos ingredientes autóctones. 


Esta es la historia de como transformamos la famosa receta catalana de “Habas a la Catalana” en unas habas luso-catalanas por falta de los ingredientes autóctonos.
 



Tudo começou com uma oferta: a nossa vizinha do lado ofereceu-nos um saco de favas. Como retribuição preparei-lhe uma caixinha de morangos de colheita própria. Para não lhe levar os morangos num saco, preparei-lhe uma caixa de cartolina muito fácil de fazer. Só foi necessário um pouco de cartolina, umas tesouras, fita cola, um lápis de cor e 15 minutos.


Todo empezó con un regalo: nuestra vecina de al lado nos regalo una bolsa con habas. Como agradecimiento le preparé una cajita de fresas de cosecha propia. Para no llevar las fresas en una bolsa, preparé una caja de cartulina muy fácil de hacer. Solo hizo falta un poco de cartulina, unas tijeras, celo, un lápiz de color y 15 minutos.





Mas voltemos às favas. Eu devo reconhecer que não sou uma grande apreciadora de favas e ao longo da minha vida o único prato de favas que como com gosto são as favas à catalã. A questão é que este prato leva um enchido que aqui não existe que é a “butifarra” e portanto houve que fazer uma pequena adaptação. Não foi um grande problema porque estavam realmente boas.

Tendo em conta que é época de favas aqui vos deixo a receita.

Ingredientes:

2 kg de favas baby (se não encontrarem pequenas, com grandes!)
200 de bacon
200 gr de “butifarra” preta (nós substituímos por um chouriço de sangue alentejano)
½ copo de vinho de jerez (foi substituído por Madeira seco)
1 cebola
1 cabeça de alhos
Salsa
Tomilho
Louro
Hortelã
Menta
Azeite e sal


Elaboração:

Fritar no azeite os alhos e a cebola picada muito fina num tacho de barro.

Refogar bem e acrescentar um ramo de cheiros composto por salsa, tomilho, louro, hortelã e menta.

Uma vez a cebola esteja loura, acrescenta-se o toucinho partido e a butifarra (chouriço). Deixa-se refogar um pouco maiss e por ultimo colocam-se a favas.

Mexe-se bem e rega-se com o jerez (Madeira seco) e um copo de água. Tempera-se com sal e deixa-se cozer as favas até que estejam no ponto exato.

Como todos os pratos deste tipo, no dia a seguir estão ainda melhor.


Pero volvamos a las habas. Yo debo reconocer que no me gustan demasiado las habas y al largo de mi vida el único plato de habas que como a gusto son las habas a la catalana. La cuestión es que este plato lleva un embutido que aquí no existe, la butifarra con lo cual tuvimos que hacer una pequeña adaptación. No fue un problema porque quedaron muy buenas.



Teniendo en cuenta que es época de habas, os dejo la receta.

Ingredientes:

2 kg de habas baby
200 g de tocino
200 g de butifarra negra
1 copa de jerez
1 cebolla
1 cabeza de ajos
Perejil
Tomillo
Laurel
Hierbabuena
Menta
Aceite y sal

Preparación:

Freír la cebolla finamente picada y los ajos en una cazuela de barro con aceite.

Rehogar bien y añadir un ramo compuesto por perejil, tomillo, laurel, hierbabuena y menta.

Una vez dorada la cebolla, añadir el tocino partido y la butifarra. Rehogar varios minutos más y, por ultimo, incorporar las habas peladas.

Remover bien y verter el jerez y un vaso de agua por encima. Sazonar con sal si es preciso y dejar cocer las habas hasta que estén en su punto.

Como todos los platos de este tipo, al día siguiente están aun mejor.

1 comentário: